Idioma:

Entenda o Marketing Multinível e as propostas de renda extra pela Internet

15 de junho de 2013 | Em Curiosidades | 970 visualizações | Por

Clique e compartilhe: 


Nos últimos meses muito tem se comentado, visto e se investido, pela internet, nas atividades de empresas do ramo do Marketing Multinível (MMN). Inicialmente as propostas são apelativas, uma vez que usam muito expressões como “dinheiro fácil”, “renda extra” e outras derivadas. Mas, como funciona o Marketing Multinível? Qual é a diferença entre MMN e os esquemas de pirâmide financeira? É seguro investir em uma rede pela internet? Conheça as respostas para estas perguntas neste texto.

Ganhar Dinheiro2Marketing vem do inglês “market” que, se traduzido, quer dizer “mercado”. Como é uma expressão composta, entendemos que são os meios com que o mercado tem para que suas vendas sejam bem-sucedidas. A propaganda é o principal meio. O Marketing Multinível é também conhecido como Marketing de Rede. De acordo com David de Mendonça Portes (palestrante, empresário e publicitário), o Marketing Multinível “movimenta bens e serviços através de uma rede de contratantes independentes, ou seja, empreendedores que representam autonomamente um produto ou serviço”. Ainda, “o participante pode tanto trabalhar apenas com os produtos oferecidos, como pode recrutar novos representantes”. Resumindo, o marketing sempre assume o compromisso de vender um produto ou um serviço.

Os esquemas de Pirâmide Financeira foram citados acima com um propósito muito importante: eles já foram problemas sérios no passado e, acredite ou não, ainda podem ser catastróficos nos dias atuais. Esse tipo de atividade é considerado crime em diversos países, inclusive no Brasil. Como funcionam? São redes não sustentáveis, ou seja, não trabalham com a venda de produtos, e a remuneração só acontece com o recrutamento de novos integrantes, que, por sua vez, pagam pela sua participação. Porém, quem realmente sai lucrando são os poucos que estão no topo da pirâmide – de maneira ilegal. E, por não ser sustentável, ela se rui, gerando prejuízos a todos os participantes (o advogado que aceitou falar sobre o assunto recomenda a leitura dos casos “Boi Gordo” e “Avestruz Master”).

As redes de MMN que existem atualmente funcionando pela internet exigem investimento inicial, com valores que variam de R$ 50 até a casa dos R$ 30 mil, e exigem que os participantes façam compartilhamentos de propagandas e recrutem novos membros. Vale a pena fazer este investimento? David Portes dá as dicas sobre como ter a resposta: 1- Pesquise a reputação da empresa; 2- Pesquise o segmento de atuação da empresa e, se possível, tente conhecer seu plano de negócio; 3- Considere o investimento que estão solicitando; 4- Considere o prazo estimado para ter o seu investimento de volta; 5- Reflita sobre o que a oportunidade pode representar a longo prazo: você pode crescer no negócio? É algo sustentável? Responda estas questões antes de investir!

É importante termos cuidado ao nos envolvermos em atividades que prometem ganhos fáceis. David Portes, que já foi morador de rua e hoje é um dos empresários mais bem-sucedidos do Rio de Janeiro, nos deixa um importante lembrete: “Amigos, vale a velha máxima: o que vem fácil, vai fácil!”. Não podemos nos esquecer, também, que as redes sociais possuem suas próprias leis internas, que possuem todos os seus dados pessoais e podem intervir judicialmente sob quaisquer infrações. Aproveite que estamos na era da informação e conheça o máximo que puder. Seu futuro pode depender disso.

De Ivaiporã/PR, Engenheiro de Computação, Administrador do Grupo Dicas em Geral. Apaixonado por Tecnologia e Informática.



Deixe seu comentário

Um pouco sobre nós

    O Grupo Dicas em Geral surgiu em 2007 a partir de idéias inovadoras sobre solução de problemas enfrentados diariamente por quem utiliza a Tecnologia e Informática, tanto usuários comuns quanto técnicos. Mas onde surgiu, por quê e qual é o propósito deste site?

Clique aqui e conheça!

Siga o Dicas em Geral no Google+

Vídeo da Semana