Idioma:

Quanto você pagaria por…

23 de novembro de 2010 | Em Dicas | 3,3 mil visualizações | Por

Clique e compartilhe: 


dolaresEi, acalme-se. Não estamos fazendo um leilão. Até porque seria totalmente diferente um leilão em um site que tem como o objetivo informar e ensinar seus usuários, não é mesmo? Pois bem, vamos a esta dica em geral especial, criada para que possamos relembrar alguns momentos de nossa vida financeira relacionada a Tecnologia e Informática.

Nós abordamos diversos temas aqui, relacionados com Tecnologia e Informática, mas sempre algo mais específico, detalhista e técnico. Pois desta vez vamos falar um pouco mais pelo lado usuário, consumidor. Acompanhe.

hyper threadingA evolução tecnológica

Vocês todos já estão carecas de saberem: “a tecnologia avança cada dia mais”, e meu objetivo não é falar mais a respeito disso, apenas complementar o conteúdo que virá a seguir com algumas afirmações.

A tecnologia avança cada dia mais (eita!), trazendo ao mundo real efeitos e criações dinâmicas, criativas e interativas. Mas além disso uma série de outros fatores são renovados, dentre eles:

  • Novos materiais são utilizados;
  • Os softwares são atualizados e oferecem mais recursos;
  • O hardware se torna cada vez mais interativo e aprimorado;
  • O preço se altera…

O preço se altera? Como? Por que?

Sim, o preço se altera. Como os fabricantes procuram novos recursos para a fabricação de um produto diversos fatores são favoráveis – ou não – para a alteração do valor final do produto. Por exemplo, se um fabricante começa a utilizar um material 5% mais barato para a fabricação de um produto, com certeza no final o valor cairá mais um pouco.

Outro fator que influencia (e muito) na alteração dos preços é a concorrência. Quanto maior for a disponibilidade de produtos semelhantes, mais os fabricantes abaixarão seus preços, afim de conquistarem aquele público-alvo.

Agora você entenderá o título desta matéria. Leia o conteúdo abaixo.

Quanto você pagaria por…

walkman toca fitaUm Walkman (1980) – Tocava fitas magnéticas, vinha com um fone de ouvido (alguns tinham até as caixinhas embutidas!).

Você pagava até R$300,00 por um brinquedinho desses.

tv antigaUma televisão, novinha em folha, com aquele tubo de raios catódicos enorme, pesada, aquela imagem chiada, mas você estava ali assistindo.

Você pagava até R$2.000,00 por uma dessas! :)

notebook antigoUm Notebook, com processador de até 1GHz, 64Mb de memória RAM, sistema operacional Windows 95, um espetáculo.

Sabe quanto você desembolsava para adquirir um assim como este? Até R$6.000,00!

celular tijolaoUm celular, grande, pesado, carinhosamente apelidado de “tijolão”. Era uma maravilha carregar aquele equipamento na cinta, que quase arrancava-lhe as calças. O sinal pegava em qualquer ápice.

O que, achou estranho? Você teve a capacidade de comprar um desses pelo preço de até R$2.000,00!

videogame antigoUm videogame, com gráficos em 8 e 16 bits, rodando direto da memória ou até mesmo de cartuchos portáteis. Quando ocorria algum mal contato era só soprar e tentar novamente.

Você pagava até R$1.800,00 por um. Vai dizer que não?

disqueteUm disquete, onde você guardava 5 fotos nele com tamanho médio e se achava o “tal”, levava para onde queria qualquer arquivo de seu computador que tivesse menos de 2 megabytes. Quantos arquivos de texto você podia carregar nele? Milhares!

E sabe quanto você pagava? Até R$35,00!

computador antigoUm computador, com processador de 100 até 900MHz, memória de 32Mb, HD de 800Mb e tela de 10 polegadas (úteis). Era fantástico digitar texto nele e esperar o computador ir digitando sozinho logo em seguida. E aqueles games então que você jogava? Era fantástico!

Você tinha a coragem de pagar até R$3.000,00 por um desses!

Não estamos criticando a tecnologia, muito pelo contrário, apenas mostrando que a evolução é benéfica em todos os sentidos. Viu como que equipamentos que utilizávamos há alguns anos atrás eram caros e não tinham tantos recursos como vemos hoje em dia?

Particularmente, acredito que daqui alguns anos o que usamos hoje será “lixo”. E você, se identificou com algum dispositivo citado acima? Comente!

De Ivaiporã/PR, Engenheiro de Computação, Administrador do Grupo Dicas em Geral. Apaixonado por Tecnologia e Informática.



Um pouco sobre nós

    O Grupo Dicas em Geral surgiu em 2007 a partir de idéias inovadoras sobre solução de problemas enfrentados diariamente por quem utiliza a Tecnologia e Informática, tanto usuários comuns quanto técnicos. Mas onde surgiu, por quê e qual é o propósito deste site?

Clique aqui e conheça!

Siga o Dicas em Geral no Google+

Vídeo da Semana