Idioma:

HTML 5 – A Revolução

18 de março de 2011 | Em Dicas | 848 visualizações | Por

Clique e compartilhe: 


html5O HTML 5 ainda está em fase de testes, mais ele veio com o objetivo de revolucionar a maneira do usuário interagir com a aplicação web, seja ela online ou offline. Para o desenvolvedor também será revolucionário, HTML 5 não se limita só a criar novas etiquetas, atributos e eliminar aquelas marcas que estão em desuso ou se utilizam inadequadamente, e sim que vai muito mais além.

Ele vem recheado de recursos que prometem acabar de vez com o flash, isso vem sendo discutido muito na web todos prevê o fim do flash, será? O que você acha?

HTML 5 pretende proporcionar uma plataforma com a que desenvolver aplicações web mais parecidas às aplicações de área de trabalho, onde sua execução dentro de um navegador não implique falta de recursos ou facilidades para resolver as necessidades reais dos desenvolvedores. Para isso se estão criando umas APIs que permitam trabalhar com qualquer dos elementos da página e realizar ações que até hoje era necessário realizar por meio de tecnologias acessórias.

Estas API, que terão que ser implementadas pelos distintos navegadores do mercado, se estão documentando detalhadamente, para que todos os Browsers, criados por qualquer companhia as suportem tal qual se desenharam. Isto se faz com a intenção que não ocorra o que vem acontecendo no passado, que cada navegador faz a guerra por sua parte e os que acabam pagando-o são os desenvolvedores e os usuários, que têm muitas possibilidades de acessar a webs que não são compatíveis com seu navegador preferido.

Quais são as novidades de HTML 5

HTML 5 inclui novidades significativas em diversos âmbitos. Como dizíamos, não só se trata de incorporar novas etiquetas ou eliminar outras, e sim que se supõem melhoras em áreas que até agora ficavam fora da linguagem e para as que se necessitava utilizar outras tecnologias.

  • Estrutura do corpo: A maioria das webs tem um formato comum, formado por elementos como cabeçalho, pé, navegadores, etc. HTML 5 permite agrupar todas estas partes de uma web em novas etiquetas que representarão cada uma das partes típicas de uma página.
  • Etiquetas para conteúdo específico: Até agora se utilizava uma única etiqueta para incorporar diversos tipos de conteúdo enriquecido, como animações Flash ou vídeo. Agora se utilizarão etiquetas específicas para cada tipo de conteúdo em particular, como áudio, vídeo, etc.
  • Canvas: é um novo componente que permitirá desenhar, por meio das funções de um API, na página todo tipo de formas, que poderão estar animadas e responder a interação do usuário. É algo assim como as possibilidades que nos oferece Flash, porém dentro da especificação do HTML e sem a necessidade de ter instalado nenhum plugin.
  • Bancos de dados locais: o navegador permitirá o uso de um banco de dados local, com a que se poderá trabalhar em uma página web por meio do cliente e através de um API. É algo assim como as Cookies, porém pensadas para armazenadas grandes quantidades de informação, o que permitirá a criação de aplicações web que funcionem sem necessidades de estar conectados a Internet.
  • Web Workers: são processos que requerem bastante tempo de processamento por parte do navegador, porém que se poderão realizar em um segundo plano, para que o usuário não tenha que esperar que se terminem para começar a usar a página. Para isso, se dispõe também de um API para o trabalho com os Web Workers.
  • Aplicações web Offline: Existirá outro API para o trabalho com aplicações web, que se poderão desenvolver de modo que funcionem também em local e sem estar conectados a Internet.
  • Geolocalização: As páginas web se poderão localizar geograficamente por meio de um API que permita a Geolocalização.
  • Novas APIs para interface de usuário: temas tão utilizados como o “drag & drop” (arrastar e soltar) nas interfaces de usuário dos programas convencionais, serão incorporadas ao HTML 5 por meio de um API.
  • Fim das etiquetas de apresentação: todas as etiquetas que têm a ver com a apresentação do documento, ou seja, que modificam estilos da página, serão eliminadas. A responsabilidade de definir o aspecto de uma web correrá a cargo unicamente de CSS.

Fonte: http://www.criarweb.com

Sou um desenvolvedor web apaixonado por tecnologia e viciado em linguagens de programação web!



Deixe seu comentário

Um pouco sobre nós

    O Grupo Dicas em Geral surgiu em 2007 a partir de idéias inovadoras sobre solução de problemas enfrentados diariamente por quem utiliza a Tecnologia e Informática, tanto usuários comuns quanto técnicos. Mas onde surgiu, por quê e qual é o propósito deste site?

Clique aqui e conheça!

Siga o Dicas em Geral no Google+

Vídeo da Semana