Idioma:

Detectando Problemas com a Ajuda dos Bips do POST

19 de outubro de 2009 | Em Dicas | 1,1 mil visualizações | Por

Clique e compartilhe: 


O Power-On Self Test (POST – pronuncia-se “poust”) é uma verificação da situação dos componentes físicos feito pelo BIOS antes de carregar o sistema operacional. A principal função do POST é verificar se os principais hardwares do computador (processador, placa mãe e memória ram) estão funcionando corretamente. Neste post, irei ajudá-lo a entender os significados destes bips, caso se interesse em saber um pouco mais sobre o post, recomendo que assista a animação abaixo produzida pelo BrasilAcademico.

Quando a verificação do POST é completada (com ou sem sucesso), um sinal sonoro é emido pelo speaker do computador. Apesar do speaker ser um alto-falante rudimentar, ele é essencial para a detecção de problemas básicos, pois de acordo com os sinais sonoros produzidos pelo speaker podemos descobrir defeitos físicos do computador (ele atua como uma espécie de código morse). Abaixo vocês podem observar, uma tabela que fiz sobre como traduzir estes bips. Vale anotar que esta tabela com a listagem dos bips não é lei, então, alguns fabricantes podem seguir outros modelos, mas o padrão, que pude encontrar em praticamente todo site que pesquisei é este que liste:

BIPS

tabela de erros

RESOLUÇÕES

Resolução 01
Problema com placas removíveis.
Muitas vezes o problema é apenas um mal contato, remova o componente, limpe com um líquido limpa-contato seus conectores e seu slot na placa mãe, caso não tenha limpa-contatos, pode-se usar uma borracha escolar branca para limpar os contatos, desde que se tome o cuidado de não deixar cair “farelos” da borracha na placa mãe e não deixar resíduos nos contatos da placa.
Se o problema ainda não foi resolvido, o problema pode ser no slot ou no barramento, tente trocar a placa de slot. Caso o problema persista, verifique se o hardware que está com defeito tem compatibilidade com a placa mãe, tente usar outra marca deste componente em sua placa mãe e tente testar este hardware em outra placa mãe.

Resolução 02
Problema com o fornecimento de energia.
Este problema pode ser causado por algum cabo mal conectado, retire todos os cabos e reconecte-os
Talvez haja algum problema em sua rede elétrica podendo estar saindo uma baixa corrente da sua tomada, ou a fonte está configurada para uma tensão diferente ao da sua rede.
Se seuu processador necessita de um conector P4 verifique se ele está devidamente conectado?
Sua fonte consegue suprir toda a demanda de energia do seu computador? Verifique isto com um multímetro.
Caso a fonte não tenha potência suficiente para manter o PC funcionando corretamente, desconecte alguns componentes, como leitores de CDs, HDs e placas de vídeo extras.
Teste esta fonte em outros computadores, e teste outras fontes em seu computador.

Resolução 03
Problema com o processador.
Confira no site do fabricante de sua placa mãe se há compatibilidade entre ela e seu processador.
Verifique se não há pinos tortos em seu processador.
Considere diminuir a frequencia de operação do processador através do SETUP.
Teste o processador em outra placa mãe, também teste outro processador em sua placa mãe.

Resolução 04
Problema com peças “irrecuperáveis”.
Confirmando-se que os encaixes estão todos corretos, que não há nenhum pino torto no componente e que existe compatibilidade entre os componentes que apresentam problemas, só nos resta a opção de termos que trocar o componente defeituoso.

Resolução 05
Problema com algum componente não identificado.
Ocorreu uma falha com algum problema de vital importância para o funcionamento do computador, mas o post não conseguiu identificá-lo.
Normalmente este “componente não indentificado” se trata da Memória RAM (Resolução 01) ou Placa Mãe (Resolução 04).

Resolução 06
Problema com a memória cache.
No livro “Hardware, O Guia Definitivo”, Carlos E. Morimoto descreve este erro como: “ Problemas com a memória cache (cache memory bad): Foi detectado um erro na memória cache. Geralmente quando isso acontece, o BIOS consegue inicializar o sistema normalmente, desabilitando a memória cache. Mas, claro, isso não é desejável, pois deteriora muito o desempenho do sistema. Uma coisa a ser tentada é entrar no Setup e aumentar os tempos de espera da memória cache. Muitas vezes com esse “refresco” conseguimos que ela volte a funcionar normalmente.”

Estes são os erros que uma placa pode apresentar, e para finalizar o tópico, tenho que fazer alguns comentários:

  • A sequencia de bips pode variar de fabricante para fabricante.
  • Estas soluções para os problemas são apenas “genéricas”, cada caso é único, e deve ser tratado com o máximo de atenção.
  • Antes de descartar uma placa temos que fazer o máximo de testes possíveis para verificar se ela está mesmo com um defeito irrecuperável. Mesmo se todos (inclusive eu) lhe disser que a placa está queimada, nunca é demais fazer alguns testes para poder dar sua opinião, lembre-se que é sua imagem diante do cliente que está em jogo, sua palavra tem de ser valiosa e o cliente tem que se sentir seguro quando você disser “É a placa X que está com problemas”.

De Ivaiporã/PR, Engenheiro de Computação, Administrador do Grupo Dicas em Geral. Apaixonado por Tecnologia e Informática.



Um pouco sobre nós

    O Grupo Dicas em Geral surgiu em 2007 a partir de idéias inovadoras sobre solução de problemas enfrentados diariamente por quem utiliza a Tecnologia e Informática, tanto usuários comuns quanto técnicos. Mas onde surgiu, por quê e qual é o propósito deste site?

Clique aqui e conheça!

Siga o Dicas em Geral no Google+

Vídeo da Semana