Idioma:

ERP: o que é mais importante na hora de escolher um sistema de gestão empresarial?

25 de setembro de 2013 | Em Curiosidades | 333 visualizações | Por

Clique e compartilhe: 


Quando tenho algum problema elétrico ou hidráulico em casa, chamo o Sr Chico. O preço do serviço dele é R$ 220,00 por dia. Não é barato. Mas ele faz o conserto bem feito e rapidamente. Se procurasse, encontraria outro profissional por até menos de R$ 100,00 por dia. Então, por que não faço isso?

Sistema ErpExistem outros motivos que determinam a minha escolha. Ele é experiente na profissão, cumpre a palavra, vem na hora combinada, sugere troca com uma explicação convincente. Posso deixá-lo sozinho porque não deixa sujeira espalhada pelo chão, testa e vistoria para deixar tudo funcionando perfeitamente.

O mesmo exemplo do eletricista pode ser usado para a compra de diversos outros produtos ou serviços, entre ele o de um sistema de gestão empresarial. Uma pesquisa realizada pela Choosing an ERP System, com empresas em fase de implantação de um sistema ERP pela primeira vez, classificou os fatores prioritários da seguinte maneira:

1) Preço do sistema;

2) Facilidade na implantação;

3) Facilidade operacional;

4) Qualidade;

5) Funcionalidades;

6) Aproveitamento do hardware;

7) Potencial de crescimento do fornecedor;

8) Qualidade do suporte e assistência técnica;

9) Documentação, manuais do sistema;

10) Experiência e tradição no mercado do fornecedor.

Analisando, percebemos que os seis quesitos considerados mais importantes estão relacionados ao produto. O preço foi considerado o fator mais importante, mais do que a qualidade, que ocupou o quarto lugar, e funcionalidades do sistema, em quinto. Os fatores relacionados ao fornecedor não tiveram nenhuma importância na hora de escolher um ERP. O preço e os atributos do software determinaram o fornecedor.

A mesma pesquisa foi realizada com um grupo de empresas que implantava o sistema pela segunda vez. As respostas mudaram drasticamente:

1) Qualidade do suporte e assistência técnica do fornecedor (estava em 8º lugar)

2) Experiência e tradição no mercado do fornecedor (era a última colocada)

3) Qualidade do sistema (está intimamente relacionada à qualidade do fornecedor);

4) Potencial de crescimento do fornecedor (visão de longo prazo)

5) Preço do sistema (era o 1º colocado)

6) Documentação, manuais do sistema;

7) Funcionalidades;

8) Facilidade operacional;

9) Facilidade na implantação;

10) Aproveitamento do hardware.

Para as empresas que já passaram pela experiência de ser usuário, de ter trabalhado com ERP, o ”fornecedor” do sistema, ou seja, a qualidade do suporte e assistência técnica, confiabilidade, experiência, tradição no mercado passaram a ser os fatores mais importantes na hora de decidir a escolha de um ERP. Os atributos do fornecedor passaram a ser os mais importantes até mais do que o preço e qualidade do software. O fornecedor passou a determinar a escolha do sistema.

Podemos concluir que a minha escolha pelo Sr Chico está correta. Escolha um fornecedor que tenha confiabilidade, qualidade no atendimento aos usuários aliados à experiência visando a parceria a longo prazo. Procedendo desta forma, você encontrará o sistema que proporcionará o melhor retorno ao investimento devido a longevidade e confiabilidade na utilização do sistema.

Estratégias que priorizam somente o fator preço e que não consideram o fornecedor do sistema ERP podem trazer problemas mais na frente, causando transtornos operacionais e prejuízos. Isto vale para todo tipo de seleção: desde fornecedor de matéria-prima, produtos, sistemas e serviços em geral.

Orlando Oda é administrador de empresas, mestrado em administração financeira pela FGV e presidente do Grupo AfixCode.

De Ivaiporã/PR, Engenheiro de Computação, Administrador do Grupo Dicas em Geral. Apaixonado por Tecnologia e Informática.



Deixe seu comentário

Um pouco sobre nós

    O Grupo Dicas em Geral surgiu em 2007 a partir de idéias inovadoras sobre solução de problemas enfrentados diariamente por quem utiliza a Tecnologia e Informática, tanto usuários comuns quanto técnicos. Mas onde surgiu, por quê e qual é o propósito deste site?

Clique aqui e conheça!

Siga o Dicas em Geral no Google+

Vídeo da Semana