Idioma:

Google não certifica SEO

19 de outubro de 2009 | Em Matérias | 156 visualizações | Por

Clique e compartilhe: 


seo-blocksTodos sabemos que o Google certifica profissionais de AdWords através do GAP (Google Advertising Professional). Isto basicamente permite que qualquer pessoa ou entidade se torne um qualificado a nível individual ou de empresa para se distinguir como um profissional capacitado. Para obter este benefício, os interessados deverão passar um teste baseado no Centro de Formação do AdWords. Após este teste/exame, os que o concluírem com sucesso recebem um selo de “AdWords Qualified Professional” ou “AdWords Qualified Individual”, reconhecimento que pode tornar-se valioso quando se pretende ganhar a confiança de clientes.

Um profissional de AdWords certificado pelo Google, gere as contas dos seus clientes e faz as modificações necessárias para um maior e melhor sucesso em campanhas de publicidade, essas modificações são feitas através da consola do AdWords e têm sempre de ser aprovadas por alguém nos escritórios do Google antes de se tornarem activas.

Para além do Google não querer ter qualquer relação com práticas de optimização para motores de busca por terceiros — apenas se limitando a fornecer guias e melhores práticas como o Guia de SEO ou as Directrizes para Webmasters — SEO é algo do domínio privado/pessoal, isto é,  não existe um meio que possibilite ao Google controlar as acções tomadas no que toca aos conteúdos dos sites — ou não precisariamos de uma equipa anti-spam — uma vez que isto se tornaria também num conflito de liberdade e privacidade. O Google não pretende controlar o que os webmasters fazem nos seus sites ou sites de terceiros, mas sim apenas controlar e proteger a qualidade do nosso índice.

Imaginemos que o Google certificava alguém como profissional de SEO, após essa certificação, o Google seria em parte responsável pelas  acções e métodos de optimização executados por essa pessoa em qualquer site. Seria impossível garantir que essa pessoa jamais faria algo que infringisse as Directrizes de Qualidade do Google, ou como referi anteriormente de ter qualquer tipo de controlo sobre as acções dessa pessoa.

O Google sempre gostou de manter dinheiro separado bem longe dos resultados orgânicos, e devo dizer que isto tem permitido as Equipas de Qualidade e Webspam tratar igualmente sites de todos os tamanhos — sejam eles clientes do Google ou não — sem que ninguém nos venha pedir explicações… e antes que venham comentários sobre casos específicos ou particulares e em como “o Google foi mau para mim e não para o outro menino” lembrem-se que cada um é responsável pelas suas próprias acções, e claro que para além de ser sempre pior quando nos toca a nós, todos somos especialistas no que toca a avaliar o trabalho dos outros.

De Ivaiporã/PR, Engenheiro de Computação, Administrador do Grupo Dicas em Geral. Apaixonado por Tecnologia e Informática.



Um pouco sobre nós

    O Grupo Dicas em Geral surgiu em 2007 a partir de idéias inovadoras sobre solução de problemas enfrentados diariamente por quem utiliza a Tecnologia e Informática, tanto usuários comuns quanto técnicos. Mas onde surgiu, por quê e qual é o propósito deste site?

Clique aqui e conheça!

Siga o Dicas em Geral no Google+

Vídeo da Semana