Idioma:

Briga entre Apple e Proview está a todo vapor

23 de fevereiro de 2012 | Em Notícias | 145 visualizações | Por

Clique e compartilhe: 


iPadA corte chinesa favoreceu a Apple em sua decisão de manter o iPad nas lojas instaladas dentro da Grande Muralha, mas quem moveu a ação, a empresa chinesa Proview, pode estar se articulando para continuar um ataque.

Segundo informações do CNET, o Hejun Vanguarding Group, uma empresa de consultoria econômica que está trabalhando com credores para reestruturar a Proview (a companhia declarou falência em agosto de 2010), estaria procurando escritórios de advocacia corporativa para abrir processos de violação de marca contra a Apple em diversos países, incluindo os Estados Unidos.

A Apple ainda não comentou o assunto, mas o CNET diz que a Proview vai pedir US$ 2 bilhões à empresa de Cupertino, como montante pela suposta violação.

Entenda a briga

A Apple possui três lojas próprias (Apple Stores) em território chinês. Obviamente, tais lojas vendem o iPad. Mas, no caso da China, já havia uma marca “Ipad” registrada em nome da fabricante Proview – inclusive com um produto lançado. Desnecessário dizer que a Proview abriu ação alegando violação de marca registrada.

A Apple se defendeu dizendo que comprou os direitos mundiais de uso do nome “iPad” – incluindo qualquer alteração em sua grafia -, e a Proview respondeu que este nome era responsabilidade de seu setor tecnológico, baseado em Taiwan, e que a Apple teria negociado apenas os direitos para aquele país.

O juiz Hon Poon, porém, decidiu em favor da Apple, dizendo que, independentemente de qual seja o país-sede de um ramo de uma empresa, todos os setores estão abarcados dentro do nome “Proview”, então uma negociação bem sucedida com um escritório valeria por todos.

No próprio CNET, há citações de funcionários do setor judiciário e alfandegário – estes últimos dizem que banir o iPad na China é algo pouco provável.

Você acha que a Apple teria violado um direito da Proview? Ou seria a empresa chinesa mais uma a tentar levar vantagem nessa constante onda de processos por marcas?

Com informações de olhardigital.uol.com.br

Webdesigner, Técnico em Hardware, Técnico em Mecatrônica e estudante de Medicina.



Um pouco sobre nós

    O Grupo Dicas em Geral surgiu em 2007 a partir de idéias inovadoras sobre solução de problemas enfrentados diariamente por quem utiliza a Tecnologia e Informática, tanto usuários comuns quanto técnicos. Mas onde surgiu, por quê e qual é o propósito deste site?

Clique aqui e conheça!

Siga o Dicas em Geral no Google+

Vídeo da Semana