Idioma:

Impacto comercial de dispositivos conectados pode ser de USD $4,5 trilhões em 2020

3 de abril de 2012 | Em Notícias | 293 visualizações | Por

Clique e compartilhe: 


internet movelA GSMA, em parceria com a Machina Research, anunciou um novo estudo que examina mais detalhadamente o potencial de mercado para a visão de Vida Conectada da GSMA em 2020, quando o número total de dispositivos conectados chegará a USD 24 bilhões(1) no mundo inteiro. A pesquisa explora como a Vida Conectada abrirá novos fluxos de receita, possibilitará novos modelos comerciais, fomentará eficiências e aprimorará a maneira pela qual os serviços existentes são fornecidos a fim de criar um impacto comercial global no valor de até USD 4,5 trilhões(2).

“Hoje, o mercado de dispositivos conectados é dominado por telefones móveis, mas isso, no futuro, vai mudar, conforme uma nova onda de smartphones, tablets, eletrônicos para consumidores e dispositivos M2M conectam tudo, de carros a serviços de saúde e, até mesmo, cidades inteiras”, disse Michael O’Hara, diretor de marketing, GSMA. “A Vida Conectada terá um impacto positivo sobre diversas indústrias; no entanto, capitalizar sobre essa enorme oportunidade exige uma colaboração entre os setores a fim de usar ao máximo o poder da tecnologia móvel para o benefício de bilhões de pessoas no mundo inteiro.”

O impacto comercial global da Vida Conectada pode ser dividido em duas categorias amplas: “receitas” e “redução de custos e aprimoramentos de serviços”(3). Em 2020, receitas resultantes da venda de dispositivos e serviços conectados, e receitas de serviços relacionados, como seguro de carro pago conforme o uso, valerão USD 2,5 trilhões, dos quais USD 1,2 trilhão pode vir de operadoras móveis e o restante do ecossistema mais amplo da Vida Conectada.

Reduções de custos e aprimoramentos de serviços estão relacionados a benefícios menos diretos, porém tangíveis, para organizações, governos e consumidores por meio da evolução da Vida Conectada. Em 2020, esse conceito pode valer aproximadamente USD 2 trilhões: USD $ 1 trilhão de reduções de custo, como medidores inteligentes que eliminem a necessidade de leituras manuais de medidores; e USD 1 trilhão de aprimoramentos de serviços, como monitoramento clínico remoto para pacientes com doenças crônicas.

Por exemplo, em 2020, o mercado global de assistência à saúde, por si só, poderia ter USD 660 bilhões em reduções de custo e serviços aprimorados resultantes da implementação de soluções de mHealth, ajudando a diminuir o custo da assistência à saúde universal. Conectar carros também vai ajudar a indústria automotiva mundial a lucrar com a Vida Conectada, com seu ecossistema preparado para gerar USD 624 bilhões em receitas, além de lucrar USD 727 bilhões em reduções de custos e aprimoramentos de serviços.

Matt Hatton, diretor, Machina Research, disse: “Até 2020, não há dúvida de que viveremos em um mundo muito mais conectado, o que terá um impacto fundamental sobre a maneira pela qual vivemos e trabalhamos. Este impacto não somente proporcionará novas oportunidades de receita para as operadoras, como também possibilitará uma ampla gama de novos modelos comerciais, aprimorará a maneira pela qual as companhias fazem negócios e melhorará as eficiências de inúmeras maneiras. Estimamos que o valor disso seja USD 4,5 trilhões, mas o impacto sobre a sociedade e os benefícios para essa são imensuráveis.”

Principal aplicativo conectado em 2020: o carro conectado

Até 2020, a capacidade de conexão móvel em carros vai cada vez mais se tornar um recurso indispensável, conforme a demanda crescer por serviços como recuperação de veículo roubado, telemática de seguro e entretenimento. Isso será impulsionado por fabricantes buscando diferenciar suas ofertas e desenvolver novos fluxos de receita, bem como pelo maior número de veículos elétricos plug-in, que exigirá capacidade de conexão. A Machina Research estima que, em 2020, 90% dos novos carros terão alguma forma de capacidade de conexão integrada ao veículo, adicionando USD 600 bilhões ao valor da Vida Conectada.

Os “10 principais” aplicativos conectados listados abaixo responderão por 60% do impacto comercial global em 2020. Para informações detalhadas, acesse: www.gsma.com/toptenappsin2020.

Notícia distribuída por PR Newswire

Webdesigner, Técnico em Hardware, Técnico em Mecatrônica e estudante de Medicina.



Um pouco sobre nós

    O Grupo Dicas em Geral surgiu em 2007 a partir de idéias inovadoras sobre solução de problemas enfrentados diariamente por quem utiliza a Tecnologia e Informática, tanto usuários comuns quanto técnicos. Mas onde surgiu, por quê e qual é o propósito deste site?

Clique aqui e conheça!

Siga o Dicas em Geral no Google+

Vídeo da Semana