Idioma:

Cresce número de mulheres empreendedoras

8 de março de 2013 | Em Matérias | 368 visualizações | Por

Clique e compartilhe: 


De acordo com pesquisa realizada pela rede social Linkedin para marcar o dia internacional das mulheres, 63% das mulheres entrevistadas acreditam que encontrar o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional seja sinônimo de sucesso. Realizada recentemente com 5.300 mulheres de 13 países, a pesquisa revelou um aumento significativo na preocupação com a vida pessoal, já que há 5 anos o mesmo estudo indicou que 39% consideravam a questão uma prioridade. Uma das consequências desse fenômeno é a constatação do aumento do número de empreendedoras brasileiras.

Women EntrepreneurLevantamento realizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) com dados da pesquisa GEM (Global Entrepreneurship Monitor), que ouviu 10 mil pessoas em 2012, mostra que a taxa de empreendedorismo por oportunidade das mulheres subiu de 39% em 2002 para cerca de 65% no ano passado. Isso significa que mais mulheres empreendedoras têm buscado maneiras de fazer o que gosta, por meio da abertura de um negócio próprio por opção e menos por necessidade, como em caso de desemprego.

Mudanças no ambiente e mais sensibilidade

O aumento do número de empreendedoras, a busca por um estilo de vida que integre melhor carreira e família e a geração de negócios diferenciados têm delineado um cenário de protagonismo das mulheres brasileiras. Exemplo disso é a presença de mulheres em ambientes primordialmente masculinos, tal como era reconhecida a área de tecnologia há alguns anos.

Juliana Cota, cofundadora e VP de atendimento da Goomark, revela que a abertura do negócio na área de marketing digital vai ao encontro do movimento de conquistas das mulheres brasileiras. “Quando abri a agência em 2008 com meu irmão, encontrava poucas mulheres tomando decisões em relação às estratégias de tecnologia e comunicação digital nas empresas. Hoje percebo um número maior de mulheres na área e identifico mudanças significativas”, avalia Juliana.

No ramo da construção civil, um exemplo de presença feminina é a atuação de Meire Ferreira, cofundadora e gestora da empresa A Telha Nova. Há 17 anos no mercado, sua pequena empresa tornou-se referência na cidade de São Paulo por causa da oferta de serviços diferenciados de cobertura e reforma de telhados. Para Meire, um dos aspectos mais importantes para o trabalho é a noção de cuidado e sensibilidade no momento de detectar a necessidade do cliente, ao passo em que tem de lidar com profissionais como mestres de obra e pedreiros. “Acredito no espírito empreendedor da mulher e sua capacidade de profissionalismo, mesmo em um ambiente masculino”, revela.

De Ivaiporã/PR, Engenheiro de Computação, Administrador do Grupo Dicas em Geral. Apaixonado por Tecnologia e Informática.



Deixe seu comentário

Um pouco sobre nós

    O Grupo Dicas em Geral surgiu em 2007 a partir de idéias inovadoras sobre solução de problemas enfrentados diariamente por quem utiliza a Tecnologia e Informática, tanto usuários comuns quanto técnicos. Mas onde surgiu, por quê e qual é o propósito deste site?

Clique aqui e conheça!

Siga o Dicas em Geral no Google+

Vídeo da Semana