Idioma:

Lei de ciberataques passa a valer no Brasil e Apura ensina como investir em segurança‏

18 de abril de 2013 | Em Matérias | 423 visualizações | Por

Clique e compartilhe: 


Em vigor desde 02 de abril, a Lei 12737/2012, popularmente conhecida como “Lei Carolina Dieckmann”, regulamenta os cibercrimes praticados no Brasil, punindo todo e qualquer tipo de violação dos mecanismos de segurança da internet para obtenção de informações privadas ou comerciais. Mas, empresas especializadas como a Apura Cyber Intelligence, fazem um alerta: não se pode confundir o respaldo dado pela lei com segurança de fato.

Seguranca OnlineAs resoluções da nova lei determinam punições de até dois anos para criminosos virtuais. Além disso, há dois adendos importantes: a punição passa a ser maior quando as informações obtidas no ciberataque são divulgadas e, caso a vítima seja uma figura política do Brasil, por exemplo, o presidente da República, governadores ou prefeitos, há um aumento na pena aplicada.

Embora a implantação da lei tenha gerado grande repercussão por conta do envolvimento de uma figura pública e outros grandes crimes mundiais, a aplicação pode apresentar lacunas. Ou seja, serão considerados crimes apenas os atos realizados em sistemas protegidos por senhas. “Devemos nos atentar principalmente ao fato de que o surgimento da lei não torna o uso de softwares de segurança e proteção dispensáveis. O sistema de uma grande empresa em hipótese alguma pode abandonar esses dispositivos. Pelo contrário, existem soluções disponíveis que proporcionam às grandes empresas uma preparação adequada para este tipo de situação”, explica o sócio fundador e diretor de tecnologia da Apura, Sandro Suffert.

Com ampla expertise em soluções de alta tecnologia, treinamentos e prestação de serviços especializados nas áreas de investigação de fraudes em meios eletrônicos, resposta a incidentes e segurança da informação, a Apura traz ao Brasil o CIRT – Cyber Intelligence and Response Technology. Idealizado pela AccessData, que é baseada em Utah nos Estados Unidos, trata-se de um software focado na identificação pró-ativa de fraudes e incidentes em ambiente corporativo – tanto nas informações armazenadas em computadores, quanto nas informações que trafegam pela rede da empresa. Considerada uma das melhores e mais completas do segmento, a solução foi projetada com base em tecnologias líderes no mercado, utilizadas há décadas por forças policiais espalhadas pelo mundo para realizar investigações em meios eletrônicos.

“Com a implantação do CIRT, o responsável pela área de segurança da informação pode sondar milhares de computadores em toda a empresa para identificar programas ​​maliciosos existentes na rede, além de realizar análises de forma eficiente, correlacionando os dados da rede, dos servidores e dos endpoints em uma única interface. Durante esta análise, há a possibilidade de responder aos incidentes em tempo real, e utilizar as funcionalidades avançadas da solução para remediar as ameaças e conter os danos de forma centralizada. Enfim, utilizando a inteligência obtida com esta solução durante a análise de incidentes, as instituições podem criar perfis de ameaças para mitigar novas ocorrências no futuro”, finaliza o sócio fundador e diretor operacional da Apura, Rodrigo Antão.

Sobre a Apura:
A Apura é uma empresa brasileira especializada em soluções de alta tecnologia, treinamentos e prestação de serviços especializados nas áreas de investigação de fraudes em meios eletrônicos, resposta a incidentes, segurança da informação e forense computacional. A instituição também faz parte do Trace International, organização internacional de combate à corrupção, sendo auditada anualmente em processos de negócio, antecedentes dos sócios, e demais procedimentos de validação de austeridade moral e ética. Mais informações em www.apura.com.br

De Ivaiporã/PR, Engenheiro de Computação, Administrador do Grupo Dicas em Geral. Apaixonado por Tecnologia e Informática.



Deixe seu comentário

Um pouco sobre nós

    O Grupo Dicas em Geral surgiu em 2007 a partir de idéias inovadoras sobre solução de problemas enfrentados diariamente por quem utiliza a Tecnologia e Informática, tanto usuários comuns quanto técnicos. Mas onde surgiu, por quê e qual é o propósito deste site?

Clique aqui e conheça!

Siga o Dicas em Geral no Google+

Vídeo da Semana